CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Alteridade em versos
'Un homme est toujours la proie de ses vérités. ( Albert Camus).
Textos


Hoje vi aparecer nova primavera;
Eis que no dia de reis que nasci
Agradeço com ágio ao mundo
Pelo amor que senti.

Trinta é número de juventude já vivida;
Das lágrimas, rasuras, de dor
Porém, limpo meus despojos
E continuo a vida com ardor.

O simples agora é fronteira
O exagero e confuso passaram
Sopram ventos límpidos de turquesa
Entre azuis e céus mais claros.

A consciência da morte é mais perto;
Para o ódio não dá tempo
Versos, hoje, rimam alegres
Para novos anos a contento.
gbbenfica
Enviado por gbbenfica em 06/01/2019
Alterado em 07/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários