CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Alteridade em versos
'Un homme est toujours la proie de ses vérités. ( Albert Camus).
Textos


Não quero ser feito de sonhos
Sou feito do hoje, de unhas,
Cicatrizes, lapsos, escuridão
E uma ruidosa mansidão.

Que nada deseja
Nada propõe, nada prevê;
Sem sentido, sem voo de pássaros
Longe, para sempre, de você.

Não sou feito de rimas
Mas de lampejo trágico 
De fúria verve
Que me leva tudo,
Sobre um vento amargo.

Sou o que nunca desejei 
Existo apenas em ser. 
E nesse vazio que transcorre entre meus dedos: 
Chora uma vida que em nada se crê.
gbbenfica
Enviado por gbbenfica em 25/12/2018
Alterado em 25/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários