CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Alteridade em versos
'Un homme est toujours la proie de ses vérités. ( Albert Camus).
Textos


Que eu pudesse comer tua presença.
Que eu pudesse ser em mim mesmo você.
Cortando todos verbos do singular
Deixando apenas o único que restou: 
Amar.

Que eu pudesse de longe encontrar-me perto
Do peito enervado de nervos, com sangue
Fazendo morada em seio teu
Como um filho doce,sendo apenas seu. 


Que eu pudesse viver do sagrado ventre
E nessa aurora não ter nome
 Apenas, lembrar-me do seu.

Oh! Mais que tristeza em minha alma! 
 Acabo de acordar e percebo: 
 Que seu olhar fugidio, já não é mais meu!
gbbenfica
Enviado por gbbenfica em 12/12/2018
Alterado em 12/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários