CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Alteridade em versos
'Un homme est toujours la proie de ses vérités. ( Albert Camus).
Textos


                "Porque é no impossível que está a realidade". Clarice Lispector, "Uma  Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres". p. 96.


Atinge em alma minha,
Seu ser, sua pele, seus ossos;
A lembrança do átimo amor
Onde não nasceu riso, mas dor.

O que tenho?
Apenas papel branco e solidão.
Deus nunca existiu e o nada
Abraça-me na poesia feita com lassidão.

Os transeuntes passam, os carros a vida passa.
A neblina do teu olhar, não
Cego sou hoje sem você
Oh,terrível rima feita na escuridão!

Que o impossível logo chegue
Que o nada dessa tarde me cubra
Fim, quero, da angústia
De me perder sendo ainda tua.
gbbenfica
Enviado por gbbenfica em 06/12/2018
Alterado em 06/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários